Quando o online engole o offline



Todos ( ou quase) todos temos duas vidas. O problema é quando uma vida derruba a outra, a mais importante, a verdadeira .

O problema é quando ignoramos esta e vivemos naquela.


Ler aqui.




podem ler todas as crónicas do Sapo Lifestyle aqui.

Foto: pinterest


Comentários

Joana disse…
Olá Marta...

Li o seu texto...

Ai que isto dá pano p'ra mangas...

Eu acho que devemos dar prioridade sempre à nossa vida real, à offline... Essa sim é a nossa vida, o contacto com as pessoas, com a família, os amigos... A internet serve sim como um complemento... Muito útil para trabalhar, muito útil na parte do entretenimento, muito útil porque permite aproximar pessoas que muitas vezes estão distantes fisicamente, mas esconde muitos perigos e a parte principal é saber decifrar e proteger-se desses perigos...

A vida online digamos que deve ser um complemento, um divertimento e que não se deve 'escarrapachar' a vida todaaaaaaaaaaa como vejo tantos a fazer... Porque como já li algures 'o melhor da vida nós fazemos em offline' :-)

Beijinhos***
joana
Marta AMaia disse…
Tem razão Joana , também concordo , o online é um complemento, um acrescento, e não o todo.
Beijinhos
Anónimo disse…
Marta,
Adoro o post! Infelizmente as pessoas vivem cada vez mais "para fora", não tendo noção do significado da privacidade familiar, o que me faz muita confusão! E o pior é que dão este exemplo aos filhos, que acabam por achar isto normal!
beijinhos,
Mariana Sampaio de Freitas
Marta AMaia disse…
Olá Mariana, obrigada pelo comentário. Um grande beijinho

Mais lidas