Jogo das camas




Quando o Pai não está, eles dormem comigo.
Primeiro adormecem na cama deles enquanto eu vejo televisão. Depois, quando já quero dormir, vou os buscar. 

O Jr na ponta, e o Mini no meio. O bebé, para já, ainda fica no quarto dele. 
O Mini começa lentamente a chegar cada vez mais perto de mim, e gradualmente põe um braço ou uma perna em cima de mim. Depois vem a cabeça, para cima das minhas costas, e quando dou por ela, lá está ele, praticamente em cima de mim. 
Pego nele, e puxo-o de volta para o meio,

A história repete-se, e num fechar de olhos, lá está ele novamente em cima de mim. 
Fujo para a cama dele, no seu quarto, e deixo uma almofada no meu lugar. 

A dada altura, sinto-o novamente em cima de mim. Deduzo que deve ter acordado,  não me viu, então veio à minha procura. Como a sua cama é bem mais pequena do que a minha, não o consigo tirar de cima de mim sem o deitar abaixo da cama, portanto, volto novamente para o meu quarto.

Já em sono profundo, o segundo (ou terceiro??) da noite, e eis que começo mais uma vez a sentir uma perninha pequenina a vir para cima das minhas.

Depois um braço, e depois uma cabeça. Sim, é ele, yet again.



Sigam-nos por aqui @marta_amaia
Mais posts sobre Me&Us 


Comentários

Mais lidas