Isto do terceiro filho




Não estamos preparados para este 3o filho. Aliás, chegamos à conclusão que andamos a fazer tudo errado, e afinal, somos uns nabos no que toca à educação dos outros dois. 

São uns pobres coitados, que, apanharam estes dois trengos e que andam para aqui às aranhas sem saber o que fazer. 
Possivelmente vão crescer traumatizados, cheios de fobias, e inseguranças. Mas já nada posso fazer.

Não praticamos mindfulness, nem conto até 100 antes de falar, não somos vegan nem paleo, nem raw fooders, ou sequer seguimos a dieta das cores. Não faço barras de cereais em casa, compro as papas feitas, dou iogurtes como também gelatina. Manteiga com sal, bolo caseiro com açúcar, compota do supermercado, e croquetes fritos. Sim fritos, não todos os dias, mas às vezes. E salchichas! Fruta e carne , peixe e salada, não necessariamente biológicos ou da quinta, nem faço quilómetros para ir buscar ovos caseiros. Água?  Não sei qual o ph , mas sei que tira a sede e contento-me com isso. 

Não respeito a individualidade de cada um, e imponho regras! Somos nazis e não deixamos que pintem as paredes ou o chão e obrigamos a cumprimentar ou dizer bom dia ou obrigada. Somos tão nazis e não deixamos sequer que exercitem o seu direito à expressão, ou vontade própria. Há horas a cumprir, a de ir para a cama, mesmo sem sono, a levantar, mesmo com sono, a de ir para a mesa mesmo sem fome e sem ipad, e a de comer tudo ( com sal e açúcares, fritos, guisados, estufados, e afins).
São uns pobres coitados.

Somos super liberais e às vezes finjo que até arrumaram os brinquedos, por vezes toleramos birras, sim por que as fazem, talvez culpa nossa. Conto até 3, até 5, ou não conto e simplesmente me zango na hora, e eles coitados, baralhados. Somos uns fáceis que fazemos as suas vontades e até damos chocolates, andam descalços e ficam sujos, muito sujos, unhas e tudo. As vezes esquecemos-nos de lavar o dentes. 

Os quartos não são Montessori, nem com feng shui infantil,  nem as camas são baixas  e complicadas de fazer, nem os brinquedos são vintage ou de madeira. Uns são grandes e de cores berrantes, plástico ou afins. Alguns são didácticos, outros são de super heróis, carros e camiões e dinossauros. Muitos dinossauros, de plástico, e tão feios que estragam qualquer decor possível digno do Pinterest. Não têm mobiles a cair do tecto com frases inspiracionais, mas têm pinturas artísticas emoldurados na parede, vá lá...A decoração não foi encomendada a um conceituado, nem definida em termos pedagógicos, nem a paleta de cores foi escolhida a pensar nas energias que transmitem. Branco e azul, enfim, uma monotonia. 

As roupas não são orgânicas, ou com um design muito 'fashion', nem escolhidas como se fossem para um photoshoot ou encomendadas de marcas ultra seletivas. Mas, vá lá, não fazem comichão e protegem o corpo, e como não os deixamos andarem nus, servem o seu propósito. 
São uns pobres coitados. 

Estilo de educação? Ora bem, sei que há variados e um para cada dia da semana. Mas por cá o estilo que adoptamos é o "não complicar", juntamente com o "tal e qual como os meus pais faziam, e nós cá estamos vivos". 
Há dias em que há liberdade total e aplicamos o "vai brincar com o que quiseres" ou também temos o oposto e enforça-se o "faz o que te digo, porque sim" (coitadinhos, ficam sem explicações...). 
Mas o que realmente funciona é mesmo o "aqui quem manda é a mae". 
São uns pobres coitados. 


Francisco , não desesperes, ainda há salvação para ti. 
Vou iniciar-me no babywearing para sermos unha e carne, vou dar-te colo 12 horas seguidas, e deixar-te chorar no berço 12horas consecutivas. Vou entoar mantras e só falar em tom positivo e encorajador, só iras ouvir mensagens fortes. Vou cantar, vou fazer ioga contigo, vais dizer-me o que queres comer e quando, com as mãos e com os talheres, ao colo e na cadeira. Não vais usar fraldas para te sentires mais liberto, e vais fazer o que quiseres, à hora que quiseres, e como quiseres. 



Sigam-nos por aqui @mybabyblueblog
Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

  1. AAAADOROOOOOO. Lá em casa seguimos a mesma técnica. A mae grita, muito, o pai ja nem tanto. ainda nao sei como nao chamaram a segurança social para ir fazer um curso de "parental advices" ou "como ensinar o seu filho a ser um adulto de sucesso". A casa tem dias está linda e imaculada, outros, muitos mais, está caotica.
    Tentamos fazer jogos em familia mas o cão nao gosta muito de brincar connosco e espalha os jogos todos... tentamos fazer refeiçoes saudaveis em horários decentes mas como a mae e o pai têm que trabalhar a full-time é tudo a correr e o mais rapido a ser confeccionado é o primeiro a saltar do frigorifico.
    OMG... estou a criar um ser que provalmente vai ser descompensado quando for adulto ou sofrer de qualquer outro trauma... ups.

    ResponderEliminar
  2. Love it!
    Somos os pais rasca, ou desenrasca. Certo? Somos tão nós e tão felizes e exaustos...
    Parabéns! 😘😘😘

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais lidas