Roupa de grávida | Again


A roupa de grávida. 
Sim, esse assunto que pelos vistos tem pano para mangas em matéria de tema de discussão mas aparentemente o tal pano ou as tais mangas não se estendem efectivamente à roupa propriamente dita. 


A que me refiro?
Ora bem, a tantas coisas.. enfim... ao facto de a oferta ser escassa mas bem escassa. Mas até se podia dar ao caso da oferta ser escassa mas boa, o que não era mau de todo pois havia sempre alguma coisa que podíamos vestir e usar. Mas não é esse o caso, nem lá perto. 

Ora bem, talvez devido à barriga proeminente, ou talvez devido a inúmeras outras razões sem lógica nenhuma, as marcas que fabricam roupas para grávidas, assumem de uma forma genérica e transversal, que com a gravidez passamos automaticamente a gostar de um estilo " eu sou adulta mas quero vestir-me à bebé". 

Por algum motivo estranho, tudo é com lacinhos e laçarotes, pintinhas e bolinhas, folhinhos e rendas. Pessoalmente já não aprecio muito sentir-me grande e sem formas, mas ainda por cima andar com tops cheios de rendas, com tamanhos grandes e laços na barriga,  iguais a de uma miúda de 7 anos ( ou da sua boneca), não me faz minimamente sentir melhor. 
Mas porque é que tem que andar tudo à volta da barriga? Laços ou folhos na barriga, bonecos infantis na barriga, laçarotes onde? Na barriga pois claro! E são todos em azul ou rosa bebé!!

Ou então há uma outra versão da roupa de grávida. Se por um lado temos a colecção "Eu estou grávida logo vou-me vestir à criança", por outro também temos a coleção " eu estou grávida portanto só gosto de cinza, kaki, preto, azul escuro e de preferência como de quem foi para a guerra e veio". 

É que nem sequer precisariam de pensar muito, apenas fazer a colecção normal, aquela que vendem para as lojas, e criar uns modelos idênticos apenas com caixa para a barriga. 


Sigam-nos por aqui @mybabyblueblog
Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

Mais lidas