Aos Senhores da Paranix | Uma questão de piolhos

Caros Senhores da Paranix, 

Dá-me uma certa comichão cada vez que ouço o vosso anúncio na rádio. O vosso produto é bom, é eficaz e eficiente, e não muito caro, ou seja, está perfeitamente adequado às necessidades do vosso target e a um preço apelativo. 

Mas cada vez que ponho o rádio na Comercial e ouço o dito anúncio, dá-me uma comichão! 

Isto porque o anúncio está completamente desadequado e despropositado. Primeiro, os piolhos aparecem com muita mais frequência em cabelos limpos ( cabelos lavados regularmente e bem tratados). Sim, apesar de eles serem um transtorno para muitas mães ( e miúdos), eles são selectivos pois não gostam de cabelos sujos e saltam de cabeça limpa em cabeça limpa.
 Esquisitinhos não são?

Rematar o vosso anúncio com um "continuo a ser o príncipe lá de casa não sou mamã?", é na minha humilde opinião, completamente descabido. A crianca, com o cabelo lavado e limpo (pois toma banho) não tem culpa nenhuma de ter apanhado os ditos cujos. Não a torna mais suja nem pior pessoa por isso. 

Uma sugestão: porque não dar um cariz mais pedagógico ao anúncio e ensinar a mães como os tirar (os piolhos não morrem nas lavagens da máquina da roupa, nem mesmo com água super quente ou lixívia. Tem que se pôr as almofadas dentro de sacos ao sol durante alguns dias para eles asfixiarem), ou explicar que não se deve cobrir com uma toalha a cabeça com o champô, pois pode intoxicar a criança, por exemplo. Ou, porque não, explicar que eles andam de cabeça limpa em cabeça limpa???

Os meus filhos ja tiveram piolhos uma vez, e foi uma chatice ter que lavar e pentear com aquele pente fininho. Mais difícil foi conseguir mantê-los quietos durante o processo, e mais chato ainda foi "asfixiar" os peluches, as almofadas e fronhas na varanda ao sol durante dias. Sim, foi chato e um transtorno, dava comichão psicológica aos adultos, e todos de casa fizeram o tratamento. Mas ninguém foi acusado. Acontece, são crianças, e as crianças brincam umas com as outras, sempre coladas às outras, dão saltos e caiem uns por cima dos outros, partilham chapéus e camisolas. 

São crianças, acontece.  

Atentamente  e até ao próximo anúncio , 
Marta 
(Uma mãe que também se lembra de ter tudo piolhos quando era pequena)


Sigam-nos por aqui @mybabyblueblog
Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

Mais lidas