Receitas cá de casa | Os jantares





Tenho recebido muitos mails a pedir sugestões para os jantares. Por vezes vou pubilcando aqui algumas receitas, mas nem sempre o faço com a frequência desejada. Os jantares são sempre uma dor de cabeça em qualquer casa. Queremos fazer refeições boas e deliciosas, variadas, cuidadas e acima de tudo que eles gostem. Nem sempre é fácil, e nem sempre consigo agradar a todos. 


Uma dica muito útil que penso que já aqui dei: comprem revistas, como a do Continente. Em casa separem as receitas que gostam e comecem a arquivar numa pasta. Não tarda nada já terão muitas e já conseguem escolher. Eu tenho em pastas com micas para cada tipo de comida, peixe, carne, massas, entradas e sopas e sobremesas, e quando não tenho nenhuma ideia, vou lá procurar.


Outra dica: dêem pontuação à receita, tipo bom ou muito bom. E se fizerem alguma alteração, escrevam também para depois quando mais tarde voltarem a fazer não se esquecem.

Não tenho bimby e pouco recorro às comidas congeladas compradas no supermercado. Opto sempre por peixe fresco, carne compro no talho que já uso há muito tempo, legumes frescos (por vezes uso os congelados, como as cenouras baby congeladas). Raramente fazemos batatas-fritas, panados e croquetes ás vezes (mais ao domingo). Usamos muito ervas frescas que cada vez mais adoro. 

As receitas que faço durante a semana não são difíceis nem complicadas, pois também não tenho tempo para coisas complicadas nem demoradas, portanto têm que ser algo bom e relativamente simples de se fazer. Claro está que se de véspera definimos o que vai ser para o próximo jantar, estamos assim já mais preparadas e o processo é mais fluido. Há quem também faça listas semanais ou mensais, mas confesso que não sou assim tão organizada. Adoro fazer uma carne assada, ou um bacalhau com natas, ou lasanha (legumes ou carne), mas deixo sempre para o fim-de-semana, com tempo e calma.

A parir do momento em que começamos a definir o estilo de comia e de condimentos que gostamos e que iremos usar mais, torna-se mais fácil escolher e fazer receitas à ultima hora. Isto porque a nossa despensa já começa a estar recheada com tudo o que normalmente usamos. No inicio, quando comecei a guiar-me pelos livros do Jaimie Olivier, umas das coisas que ele usava muito era o alecrim, o manjericão e outras ervas frescas e que eu quase nem sempre tinha. Hoje já são indispensáveis na cozinha e já os compro regularmente. 

Ultimamente temos feito cá em casa ao jantar:
Costeletas grelhadas com arroz Chow Chow
Salmão grelhado com batatas salteadas e salada
Espetadas caseiras de frango com ananás e curgete 
Gnochhi com tomate e majericão ( para os adultos) 
Robalo escalado com arroz de tomate
Salmão com mostarda e maionese
Timbal ( de carne ou legumes)
Arroz de legumes com qualquer coisa ( carne ou peixe)
Robalo escalado com crosta de pão e arroz malandrinho de couve-branca (ou espargos).
Pernas de frango com molho de cerveja

Espero ter ajudado. 


Sigam-nos por aqui @mybabyblueblog

mais receitas yummy aqui e Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

  1. Mesmo a calhar! Cá em casa o meu problema é sempre a falta de inspiração! Não sou muito organizaa e os rapazes (o pai e o filho são moços de peixe!) por isso tudo o seja peixinho é sempre bem-vindo!!!
    Beijinhos da costa alentejana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. em regra geral também gostam muito de peixe (mais d que carne até), mas tinha que começar a variar, senão era sempre peixe peixe peixe ... beijinhos do porto!

      Eliminar

Enviar um comentário

Mais lidas