Começaram as perguntas complicadas | "como se criam os bebés?"



O Jr adora crianças e sobretudo bebés. Neste verão teve com muitos bebés pequeninos e estava deliciado.
Ontem no carro, pergunta-me se vamos ter uma menina.
Ora, é algo inesperado, pois nem sequer estou gravida. Disse-lhe que não, pois não estava gravida, e ele pergunta logo “como se criam os bebés?”
Bem…. Silêncio…. Mais silêncio … pensei em mil e uma coisas para mudar de assunto, mas nada me saía, e então, para ter a certeza que eles estava a perguntar o que achava que estava a perguntar (e assim não entrar em explicações desnecessárias), disse-lhe “ como se criam os bebés? Como assim? De onde vêm?”

“Sim”
Ainda me lembrei de meter a história da cegonha, mas achei que não fazia sentido e era só adiar um pá conversa que mais cedo ou mais tarde teria. 
 “Então”, disse, eu, com a garganta meia seca, e a falar muito devagar para ganhar tempo e chegarmos ao nosso destino, ou até sermos interrompidos pelo telemóvel), “ quando há um papá que gosta muito mas mesmo muito de uma mamã, e essa mamã gosta mesmo muito, mas muito mesmo desse papá, e os dois querem muito muito ter uma família, percebes?”

“Sim”
“Depois vem uma sementinha para a barriga da mamã, e passados 9 meses nasce o bebé”. 
Aqui confesso que patinei e apressei. Só tinha medo que me perguntasse de onde vinha essa sementinha e como ia lá parar.
“ Como as flores e os legumes?”
“Sim”, respondi, mas fiquei com medo que pensasse que se vendiam dessas sementes em lojas ou algo.
“ E tu já tens essa semente?”
“Eu? Não piolhinho porquê? Querias um mano?”
“Sim, uma mana!”
“Um dia, quando vocês forem mais velhos. Quando o Tomás tiver 6 anos ok?”
“6??? Isso é muito! 4 Pode ser?”
“Ok, 4”


Tenho 365 dias para tentar fazer alguém mudar de ideias. 

( sobre as perguntas difíceis que mais cedo ou mais tarde teremos que enfrentar, deixo aqui este post do ano passado em relação ao falecimento da minha avó e as perguntas que vieram depois). 


Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

Mais lidas