A importância dos esquemas de cores de alto-contraste para os bebés




Compreender a importância do esquema de cores de alto-contraste e o seu papel no estímulo das capacidades cognitivas do recém-nascido e do bebé, pela Drª Clementina Almeida.
Quando pensamos nas cores para os acessórios, quarto ou roupa do bebé, pensamos quase sempre em cores suaves e pastel. No entanto, e especialmente no primeiro ano de vida, o bebé é atraído sobretudo por esquemas de cores de grande contraste.
Quando o bebé nasce, o olho e estruturas que o ligam aos centros visuais no cérebro ainda não estão totalmente desenvolvidos. Isto significa que a visão inicial dos bebés não é tão acuidada com a de um adulto.
Os recém-nascidos vêem os objetos a cerca de 30cm de distância (aproximadamente a distância entre o rosto da mãe e a do bebé quando está a ser amamentado) e não conseguem distinguir certos tons de cor muito próximos entre si como os laranja ou os tons pastel.
À medida que a visão se desenvolve, os bebés sentem-se atraídos por esquemas de cores de alto-contraste (preto e branco ou preto e cores primárias), numa fase inicial pelo esquema preto e branco.
Um boneco aconselhado a qualquer bebé nesta fase é um panda, mas também existem livros com padrões de alto-contraste mais ou menos complexos que podem ser usados para estimular a curiosidade e os sentidos do bebé, como rocas, naninhas, tapete de atividades (que promove o arrastar do bebé, excelente para o desenvolvimento do sistema digestivo e para evitar as cólicas mas também é um precursor do gatinhar e do andar), fantoches para os pés (que se podem colocar no pé do bebé durante a muda a fralda e que estimula o bebé a chegar ao pé para o agarrar) ou outros brinquedos. 
O importante a reter é que, através de pequenos gestos integrados nas rotinas do dia a dia do recém-nascido e do bebé, se vai promovendo o seu desenvolvimento neurológico.
Progressivamente, e à medida que as estruturas visuais amadurecem, os esquemas podem torna-se mais complexos com a adição de texturas, sons ou novas cores mas sempre de alto-contrate como o preto/vermelho, vermelho/azul, preto/amarelo, ou outras.
Sempre que o bebé olha alguns segundos para um boneco, o seu cérebro está a ser estimulado a estabelecer novas ligações neurológicas. Assim, usar os brinquedos adequados a cada etapa do desenvolvimento do bebé, desde o nascimento, é uma excelente forma de proporcionar novas experiências e promover o desenvolvimento infantil.





fonte: texto  integralmente retirado do site Mãe-me-Quer
foto: pinterest
Ver mais posts sobre educação e desenvolvimento dos bebés e das crianças, ver aqui

Comentários

Mais lidas