Os pijamas (e porquê não levo o Mini às compras)



Fomos ao cinema, ver o Asterix. Sim, quer dizer, tentamos ir, porque passado pouco tempo o Mini começou a correr pelo cinema acima e abaixo, a jogar ás escondidas sozinho, a fazer trinta por uma linha. O que vale é que éramos só nós ( os 4 ) e mais outras duas pessoas na sala, e que felizmente, estavam sentadas lá para cima. Quando começou a ficar mesmo irrequieto, sai da sala com ele, e fomos dar uma volta.

Como tinha que comprar pijamas para o João, fomos à Zippy. Na minha ideia, eu iria conseguir fazer as compras que precisava, e quem sabe ainda mais algumas, e ele estava entretido no parque que lá havia dentro da loja. Perfeito! E até se calhar ainda dava para o entreter até o filme acabar. 

Errado.

A loja fez uma remodelação brutal. Esteticamente está muito mais gira e apelativa, mas tiraram o parque. Erro crasso (meu e deles).

Esteticamente a loja está muito gira, cheia de cores e com um design novo e moderno. Gostei imenso, e entusiasmei-me com as cores das colecções novas para eles. Muito longe dos tradicionais azuis, a secção de rapaz estava cheia de cores que chamam pelo verão e que os põe com muita pinta. 

Talvez por isso, e também ajudado pelo facto de que o Mini estava imparável, e não se aguentava num só sitio, corria atrás de todos os botões que via,  etc etc, comecei a ficar nervosa e a querer despachar o assunto. Sem prestar atenção e sem ver  com olhos de ver, apenas tive em atenção ao tamanho peguei em dois pijamas. Vi um outro, super high-tech, com tecido de repelente de mosquitos. Fazia todo o sentido, ora o João é um cristo com os mosquitos, e este pijama pelos vistos resolvia o problema. Escolhi rapidamente o tamanho certo enquanto que o Tomás fugia por todos os lados. Olhei para a cor, que lembro-me de ter achado muito moderna para rapaz, mas como toda a secção de rapaz que tinha visto estava mais ao menos perto dessa palete de cores, não estranhei assim muito, e o que queria mesmo era vir-me embora.

Tentamos pagar, com o Mini a correr por todo o lado ( e eu só pensava que raio de ideia de terem tirado o parque, pois era um belíssimo sossego para mim), e viemos embora. 

Já em casa, o João veste o pijama, e como sempre pede logo para cortar as etiquetas pois magoam-no. Enquanto corto as etiquetas, mesmo as de lavagem (sim, o miúdo é sensivelzinho), olho para a cor dos calções, assim um pêssego \ coral forte e penso que realmente a Zippy está muito corajosa no que toca à roupa de rapazes. Deve ser para condizer com o design novo da loja, pensei eu, tudo muito moderno e à frente.

Depois olho para a tshirt e há algo que não está bem. Não era a cor, que era branca, mas sim o corte e o feitio, a gola e os ombros. Pois, damnn!!!!

Comprei o pijama de menina.

Toca a ir trocar de pijama,  e agora experimentar, e olhar para tudo, antes de começar a cortar as etiquetas. 







Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

Mais lidas