Como tratar uma hemorragia ou golpes profundos


Controlar a hemorragia
A melhor forma de controlar a hemorragia é exercer pressão direta sobre o ferimento. Se o ferimento for no membro superior ou inferior, aplique compressas de gazes esterilizadas (um pano de algodão serve numa emergência) na ferida e pressione firmemente pelo menos durante 10 minutos.

Não retire as compressas mesmo que o sangue as atravesse, para não dificultar o processo de coagulação/cicatrização. Se isso acontecer, vá colocando compressas umas em cima das outras e mantenha-as bem seguras. Uma tira de gaze enrolada à volta das compressas facilitará o processo.
Tente também que a ferida fique a um nível mais alto que o coração. Um pedaço de gelo (nunca diretamente sobre a pele) contribuirá para fechar os vasos sanguíneos e reduzir a perda de sangue.
Além das medidas anteriores, pode tentar comprimir a artéria braquial, entre o bíceps e o tricipeds na parte interior do braço, ou a artéria femoral, na dobra da virilha, pressionando-as com quatro dedos até verificar que o fluxo de sangue para a ferida abrandou ou parou.
Se a hemorragia não abrandar ao fim de 10 minutos, telefone ao pediatra ou dirija-se ao serviço de urgência (SAP, hospital, etc.) da sua área.
Hemorragia ou golpe profundo no tronco
Se a ferida for no tronco, chame imediatamente o 112.
Entretanto, cubra a ferida com compressas de gaze ou outro penso esterilizado. Uma perfuração causada por um objeto cortante, mesmo um lápis, pode ter como resultado uma ferida no peito que provoque problemas respiratórios à criança.
Fixe uma gaze com adesivo, deixando um dos cantos soltos. Assim, quando a criança inspira, o ar não entra pela ferida, mas pode sair quando ela expira. Se não houver um pano à mão, proteja o ferimento com um saco de plástico, um pedaço de revestimento plástico, uma luva de látex ou até folha de alumínio.
Não aplique nenhum torniquete para estancar a hemorragia, exceto se ela for muito intensa ou descontrolada.
Publicado no Mãe-Me-Quer com autorização do autor, Dr. Armando Fernandes
 Pediatria do Desenvolvimento - Centro Pediátrico de Telheiras

A informação aqui contida é de caráter geral e não exaustivo pelo que poderá ser necessária informação particular e mais detalhada para cada caso.



fonte: texto  retirado do site Mãe-me- Quer


Para mais posts relacionados com a saúde dos mais pequeninos, ver aqui e mais posts com a tag KIT SOS ver aqui. 

facebook | instagram | google+| bloglovin|  

Comentários

Mais lidas