Caros Senhores | Carta Aberta da Administração II


Exmos. Senhores,

Agradecemos sinceramente a Vossa contínua e permanente presença nas nossas instalações . De facto, estas ficaram mais alegres e animadas e nada monótonas. 

No entanto, alerto para as seguintes questões que devem ser melhoradas da Vossa parte, pois tememos que as referidas instalações não aguentem o impacto. 
Passamos  a enumerar:


- o volume de decibéis tem que ser diminuído. Gritos, e berros são expressamente proibidos. As designadas "gargalhadas" serão apenas aceitáveis caso estas não excedam o volume de decibéis recomendado e autorizado para o caso. 

- as pinturas artísticas terão que ser limitadas unicamente e exclusivamente ás folhas de papel, e ao quadro colocado para o efeito. Qualquer outro tipo de ilustrações e intervenções artísticas serão fortemente proibidas. Mesmo que considerem que as paredes estão demasiado brancas, pedimos que se inibam de dar um toque de cor. A Directora Criativa agradece o vossos esforço.  

- os equipamentos designados como "sofás" e "almofadas" apesar de serem bastante agradáveis ao toque e até bastante fofos, pedimos que não sejam usados como trampolim, nem que sejam deslocados do seu local fixo.

- as cortinas só podem ser manuseadas por pessoas com mais de 150 cm de altura, dos pés à cabeça, não incluir degraus como suplemento de altura, nem colocar um em cima do outro, como normalmente os Senhores apelidam de "cavalitas". 

- a variedade gastronómica é decidida e aprovada pelo Conselho de Administração, e pode ser alterada sem notificação prévia. Qualquer tipo de boicote e de manifestação contra será considerada de má fé. 

- a deslocação dos vossos próprios equipamentos designados por "brinquedos" para outros locais que não sejam os referidos quartos, por mais de 4 horas é expressamente proibida. 

- o planeamento da agenda social e volume de actividades consideradas de enriquecimento social é definido pelo Conselho de Administração e pode ser alterado sem notificação prévia. 
Assim, os Senhores terão que mostrar flexibilidade e amplitude para serem recolocados noutras instalações consideradas familiares. Nos piores dos cenários, serão transportados novamente à base após 24 horas. 

- o sub-chefe das instalações reporta directamente à Directora Geral.  A Directora Geral tem poderes de implementar novas directrizes caso considere benéfico e necessário. A Directora Geral tem o poder de sabedoria plena, pelo que tudo o que se passa dentro e fora das instalações é do seu conhecimento. 

Uma vez que já foi emitido um primeiro aviso em Fevereiro do ano corrente, foi deliberado em Assembleia Geral que apenas poderá emitido mais um outro aviso até ao final do corrente ano. Apelamos á vossa compreensão e aceitação.

Atentamente

Conselho de Administração do Simpático T3 

Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

Mais lidas