10 coisas que (des)envergonahadamente culpo o meus filhos

As crianças roubam-nos as nossas coisas, e estragam-nas, deixam-nas cair e ficam partidas ou sujam tudo com os seus dedinhos pequeninos e rechonchudos.  Sejam elas ipads, telemóveis, roupa, comandos, o nosso tempo, o nosso sono, e até as nossas idas á casa de banho. Eles apoderam-se de tudo, e ficamos sem nada. Sim, ficamos a ganhar, não haja dúvida, mas ficamos a ganhar, sem nada. 

Não me refiro ao facto fantástico de eles transformarem a nossa vida e nós próprios em melhores pessoas e uma vida maravilhosa, ou como com um simples mostrar do dentes ficamos derretido que nem manteiga. Refiro-me ao facto que devido aos miúdos (e então se houver um mais reguila, melhor ainda), temos sempre a rica e justificável desculpa, que foram eles que fizeram! É como jogar no monopólio e ter sempre a carta "livre de prisão"!

Como pais, podemos culpar os miúdos! Temos essa premissa!

Como perguntam? Assim, e é tão fácil! 

10 Coisas que podemos culpar os miúdos: 



1. Chão molhado
Marido: "o que se passou na casa-de-banho?"
Nós: Espreitamos na porta, e com um ar mais natural deste mundo, dizemos: "Ainda não conseguem lavar bem as mãos, molham tudo!"
A verdade é que quem tinha sido a ultima pessoa a usar o lavatório, não era bem o miúdo....


2. Porquê as coisas boas do frigorífico desapareceram
Marido sentado no sofá na sala, todo contente, pergunta: “ ainda sobrou aquela tarte de chocolate de ontem? Andei o dia todo a pensar nela!”
Nós, na cozinha, pausamos, engolimos em seco, pensamos na melhor estratégia, e bam! Sai isto: “A sério??? Se eu soubesse não lhes tinha dado! Que pena!!” (e engolimos o último pedaço disfarçadamente…) enquanto limpamos as migalhas no balcão.

3. Porquê é que não podemos ir a determinado local \ evento
Usamos uma mensagem, em vez de um telefonema, porque é sempre mais fácil escrever do que falar, e afinal de contas, os telefonemas são para emergências.
“Tenho mesmo pena, estava tão contente por ir mas o mais novo apareceu agora com febre e não o posso deixar”, escrevemos enquanto pomos a dar aquela serie que está mesmo a estrear.

4. Porquê andamos tão cansadas
Nós, para colega do trabalho: “ Estou tão cansada, passei a noite acordada, eles não dormiram bem..”, enquanto bocejamos .
A verdade é que começamos a ver aquele filme que já vimos umas dezenas de vezes, mas mesmo assim queremos ver como acaba, enquanto navegamos no instagram e no facebook

5. Porquê o chão ainda tem migalhas ( e outras coisas)
Nós, para amigos: “Isto é uma chatice, não podemos aspirar porque os miúdos partiram o aspirador!”
A verdade é que montar e ligar o aspirador é um bico-de-obra, carrega-lo pela casa toda requer força e não estamos para aí viradas. Depois temos que sacudir o filtro, e não sei como isso se faz.  

6. Porquê temos a barriga ainda, bem… assim…
Dizemos aos que não têm filhos ainda, que por muito exercício que (não) fazemos, a barriga é daquelas coisas que nunca foi ao sítio. É uma chatice, dizemos, nós que até tínhamos uma barriga tão lisinha, e que agora passamos hora no ginásio, não vai mesmo ao sítio. Isto depois de termos os filhos, nunca é a mesma coisa…
A verdade é que a barriga nunca vai ira ao sítio porque a ver televisão e a comer os chocolates dos miúdos não há musculatura que resista.

7. Porquê o meu carro está sempre sujo por dentro e por fora
Temos sempre a preocupação de informar o nosso amigo passageiro, que está sentado ao nosso lado, que os miúdos fizeram questão de lanchar no carro.

8. Porquê não conseguimos acabar nada, incluindo este post
Porque o mais importante é o tempo que passamos com os nossos filhos. Tempo de qualidade, e eles na verdade crescem tão, mas tão, rápido.


A verdade é que uma sestinha estava mesmo a calhar, e o sofá olhou-nos com um ar tao convidativo….
foto:pinterest

Ver mais posts mais Mummy Stuff posts aqui 

facebook | instagram | google+| bloglovin 

Comentários

Mais lidas