Inexplicável | Eu sou uma daquelas mães


Eu sou uma daquelas mães que tem mau acordar. Não salto da cama eufórica para abraçar os meus filhos nem o dia, não quero abrir os olhos e o que gostava mesmo era dormir mais uns minutinhos. 

Eu sou uma daquelas mães que ás vezes tem paciência, outras vezes não tem tanta. Ás vezes o dia corre bem, e tenho imensa calma, outras vezes, talvez porque acordei mal, tenho menos paciência e irrito-me, e zango-me. E inexplicavelmente tudo passa rapidamente.

Eu sou uma daquelas mães que se esquece das datas se não estiverem no telemóvel, e mesmo assim há coisas que simplesmente não me lembro. Inexplicavelmente tudo corre bem.


Eu uma daquelas mães que gosto de namorar com o meu marido e acho que faz bem este tempo a sós. Eu sou uma daquelas mães que gosta de estar com as amigas e amigos, e beber um copo de vinho ao jantar, e inexplicavelmente acho que ninguém morre por isso. Eu sou uma daquelas mães que acho que encontrei um equilíbrio entre os filhos e os adultos, o tempo de brincar e o de namorar, o silêncio e a agitação. Inexplicavelmente, ficou tudo balançado, sem nada cair. 

Eu sou uma daquelas mães que por muito divertido me digam que é, prefiro  ir ao cabeleireiro sozinha sem crianças. Inexplicavelmente, acredito que a qualidade sobrepõe-se à quantidade. Inexplicavelmente, parece que funciona. 


Eu sou uma daquelas mães que não stresso com os horários, apenas com o de dormir. Eu sou uma daquelas mães que gosta das rotinas, mas com flexibilidade, e sei que ás vezes é preciso saber quebrar regras. Inexplicável, sim, eu sei. 


Eu sou uma daquelas mães que só há pouco é que soube o que era washi tape e para que servia. Eu sou uma daquelas mães que não vai comprar washi tape, nem grinaldas com pompons ou palhlinhas com ar vintage. Eu sou uma daquelas mães que ainda põe os copinhos de cartão para as bebidas nas festinhas, o pratos e os guardanapos do Faisca, e ainda tenho a ousadia de fazer a decoração. Inexplicavelmente, eles adoram as festas...


Eu sou uma daquelas mães que adoro os meus filhos e a minha vida, mas não sinto a necessidade de estar sempre a o proclamar aos céus como sou abençoada. Sou uma daquelas mães que sei que tenho os filhos mais lindos do mundo ( e arredores), mas não gosto de estar sempre a elogia-los à frente dos outros. Inexplicável  para um mãe que se preze nos dias de hoje.


Sim, uma uma DAQUELAS mães.....shame on me.....

(yep, haters, that's me...)

Mais posts sobre Me&Us 

Comentários

  1. Quero agradecer-lhe do coração este seu post!
    Fez-me mesmo muito bem ler isto. Obrigada :)

    ResponderEliminar
  2. ohhh Barbara... somos todas iguais.....um beijinho grande e obrigada elo comentario

    ResponderEliminar
  3. Que bem sabe ouvir isto e sentir que sou igual a tantas outras mães...pois sou mãe de 3 príncipes que são a minha alegria de viver...obrigada por estas palavras...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais lidas