Um Homem em casa (nos dias de hoje)


Hoje em dia acho fundamental um rapaz estar preparado para saber todo o tipo de trabalhos em casa. Já não vivemos no antigamente, onde havia uma clara distinção entre os supostos deveres da mulher e os do homem, e muitas (senão quase todas) são as mães que trabalham tanto como os pais. Portanto, todos temos que saber fazer de tudo um pouco e ajudar no que for preciso.



Hoje no seio familiar há igualdade de géneros, e já não existem tarefas discriminatórias. Muitas são as mães que chegam mais tarde do que os pais à casa, muitas são as mães que trabalham ao fim‑de‑semana e deixam a casa e filhos por conta do pai, muitas são as mães que saem mais cedo do que os pais. E são os pais que chegam e dão banho aos filhos, fazem o jantar, põe roupa a lavar, e até ainda limpam (ou ajudam) na limpeza da casa. Os homens e pais de hoje fazem tudo tão bem (alguns até melhor) que as mães, e não têm problemas em fazer uma máquina ou estender a roupa.

E como eu quero preparar os meus filhos da melhor maneira para o futuro, umas das coisas que insisto em que saibam em o ser, é serem verdadeiramente autónomos. Tenho que os ensinar a serem autónomos e independentes no que toca a tudo relacionado com a casa. A serem capazes de um dia viverem sozinhos, quer seja para estudar ou trabalhar, ou até só quando se casarem, e conseguirem desenrascar-se bem. E acima de tudo, não estarem à espera (ou precisarem) que alguém faça por eles ( e espero que um dia as minhas futuras noras me agradeçam e reconheçam todas  aquelas vezes de birras, de dizem que não é preciso, de irem contrariados, de irem obrigados e zangados, etc etc).

E por isso, tenciono que os meus filhos aprendam a cozinhar. Não precisam de serem altos chefs, nem mestres na área gastronómica, mas sim desenrascarem-se muito no meio de tachos e panelas. Porque um dia vão viver sozinhos, seja cá dentro ou lá fora, e vão precisar de saber de se alimentarem e não estarem dependentes de terceiros (nem irem sempre comer fora). Saber estrelar um ovo, fazer um arroz, uma sopa e fritar um bife. Nada difícil, aliás bem fácil.
Na verdade já os puxo muito para a cozinha e o João adora (especialmente se tiver algo com açúcar ou chocolate). E o João com os 5 anos já quase que faz sozinho ( e posteriormente come) um ótimo bolo de brigadeiro!

Pôr e levantar a mesa. Sem ser por obrigação, e de preferência de bom grado.

Saber fazer uma máquina de louça, escolher o programa e colocar a pastilha. Não é difícil, mas denoto muitos problemas com isto na área masculina.

Fazer a cama. Não só fazer a cama, que basicamente consiste em esticar e puxar os lençóis, alinhar tudo, como mudar a roupa da cama. Perceber a diferença entre fronha e edredão, verão e inverno.

Passar a ferro. Não precisam de saber engomar como um profissional, mas sim conseguirem-se desenrascar o suficiente para terem a camisa pronta para o trabalho, ou as calças em condições. Também há pequenos truques que ajudam, como ligar a água quente do chuveiro para que o vapor "passe a ferro" os vincos e passado algum tempo fica com ar de passadinho e não de usado.

Fazer uma máquina de roupa. Porque um dia podem precisar de lavar aquela camisa para aquela reunião importante, e nessa altura vão pensar que teria sido mais jeitoso que a sua mãe lhes tivessem ensinado a usar a máquina do que estarem a gastar dinheiro a comprar uma camisa nova. Ainda me vão agradecer um dia mais tarde!

Varrer e limpar minimamente.
Mudar lâmpadas.
Engraxar sapatos.
Coser um botão (é outra daquelas coisas que um dia me vão agradecer. Até lá, vão ficar a achar que têm uma mãe exagerada!)

Acima de tudo, têm que saber que para não terem problemas, têm que fazer as coisas nas alturas indicadas. Como enviar aquele formulário na data especifica , entregar aqueles documentos no local onde pedem. Pagar o seguro na altura que é suposto, não fazer amanhã o que é para ser feito hoje.

Organizar os documentos, e saber onde estão. Fazer um dossiê com todos os documentos pessoais e assim têm tudo direitinho e no mesmo sítio.

Depois, se quiserem, também podem aprender a tocar piano e saber falar francês.

Piadas à parte, acho mesmo nos dias que correm fundamental um homem saber fazer em casa e saber ser autónomo em casa. Os dias não são como antigamente, e não podem estar à espera que a mulher chegue a casa e faça tudo por eles, ou que haja empregada para isso. Têm que estar preparados para saber fazer, caso seja necessário. Têm que saber ajudar e não complicar.

foto: pinterest

Mais posts sobre Me&Us e mais posts com a tag "opinião" ver aqui.

Comentários

  1. Concordo 100%. Vou tentando (apesar do pai dizer que lhe faço tudo....exagero de homem, claro!).
    Ás xs quando não está prai virado responde me...''Mãe eu não sou teu empregado!''. Mas rapidamente percebe que se trata de ''favores em cadeia''...que quanto mais ajudamos mais nos ajudam...e assim vou conseguindo!
    No outro dia pediu me (tem 6 anos) para lhe ensinar a ligar o forno ( a minha cara a olhar pra ele...??). Para quando for morar com os amigos (porque diz que não quer ter namorada nem casar), saber fazer douradinhos. E lá fui eu ensinar.
    O meu irmão é um ''super homem'' que ajuda em tudo...espero conseguir educar o meu filho, como a minha mãe nos educou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é importante eles serem autonomos e nao darem "trabalho" ás futuras mulheres!!!
      não tarda nada tens ai um mini chef!! 4em breve vou publicar um post sobre as crianças na cozinha, está atenta.
      beijinhos
      m

      Eliminar

Enviar um comentário

Mais lidas