Quando passar do berço para a cama?

Andamos aqui num impasse. 

O Tomás já dá sinais que quer uma cama maior (como a do mano, diz ele), e não está a achar grande piada à sua cama de grades. E até já fez um acordo com  irmão, o João fica com uma cama (ainda) maior, e ele herda a cama do irmão. E, como o João viu que até saía a ganhar com isso, concordou logo na hora!!! Agora tenho os 2 a pedirem-me para mudar de cama!
Mas o Tomás tem dois anos e na minha cabeça ainda é um bebé, e tenho a certeza que se o mudar de cama, muitas vezes o vou encontrar na sala ou a brincar em vez de dormir. Mas sei que um dia terei que o mudar, e mais vale até aproveitar a vontade dele e despachar já o assunto (depois fica só a faltar as fraldas!).


Encontrei este artigo, que foca vários pontos a considerar antes de fazer a transição:


1- Idade

Com o João apenas o mudei por volta dos 2 anos e meio talvez quase três. Ele dormia mal, e já eram um filme para o adormecer, portanto, quanto mais "preso" e impossibilitado estivesse de poder sair da cama, para nós pais, melhor. Como a cama era grande, ainda deu para aguentar bastante tempo (até ele começar a dormir bem e nós também).

2- Objeto de segurança

Dormia sempre ( e ainda dorme) com bonecos. Dantes eram peluches fofinhos de cães (apelidados de Cucas e Zaras, conforme os originais vivos da Avó), e agora são dinossauros, carros, elefantes e já uma vez foi a prancha de bodyboard! Ajudou bastante a sentir-se seguro, e dá-lhe conforto na noite. Ainda hoje sente essa necessidade, de ter um amigo. 
Colocámos também muitas almofadas. 

3- Grade protetora 

A cama do João estava encostada à parede, portanto só precisavámos de um grade do lado de fora. A cama já de si tinha em três lados ( cabeceira, pés, e lado da parede) uma espécie de mini barra de madeira, e nos primeiros tempos forramos essas com esponja para ele não dar com a cabeça e magoar-se. Para o lado de fora, comprei esta barra de protecção e resultou muito bem :

É do ikea e funcionou muito bem, pois encaixa na cama com os ganchos, mas não estraga a madeira, é facil de pôr e retirar pois não precisamos de levantar o colchão.

Inicialmente tinhamos comprado este tipo de barras mas para a cama do João não funcionou pois como o colchão era leve, a barra não fixava bem e mexia-se muito.

Captura de Tela 2014-08-26 às 22.58.34





 


















4- Tornar a nova cama atrativa
Fizemos uma grande festa e alarido a questão da mudança da cama, só faltava mesmo lançar foguetes! Diziamos que era um menino grande, já com uma cama de menino grande, como à da mãe e do pai. Foi um acontecimento de grande importância cá em casa!

5- (Não) Deixar o berço no quarto se houver espaço

No artigo refere que se deve deixar o berço antigo no quarto, pois caso a criança tenha uma recaída pode sempre voltar para a cama que gosta mais. 

Cá em casa não fizemos isso. Uma vez mudada a cama, não há volta atrás, tal como as fraldas, e a chupeta. Felizmente nunca houve uma recaída e nunca mais perguntou pela cama, nas caso houvesse, não iríamos retroceder e trazer a cama antiga para o quarto. Na minha opinião, acho que uma vez tomada a decisão, não se deve voltar atrás, pois além de confundir a criança, estamos a atrasar a mentalização da mudança.


6- Roupas de cama novas

Como tinha lençóis ainda por estrear, não comprei novos. A cama do João é uma cama de  adulto, mas mais baixa portanto a roupa de cama que tínhamos dava perfeitamente.
Mas reconheço que o João gosta mais de lençóis com desenhos animados, nomeadamente do Faisca.
Se a criança tiver um super-herói de eleição, coloque na nova cama lençóis novos e de certeza que vai gostar muito!

Ideias para camas :

Captura de Tela 2014-08-26 às 23.13.11

Captura de Tela 2014-08-26 às 23.16.08
Captura de Tela 2014-08-26 às 23.18.02

Captura de Tela 2014-08-26 às 23.23.37

Captura de Tela 2014-08-26 às 23.28.26
Captura de Tela 2014-08-26 às 23.28.39



Mais ideias para quartos de meninos ver aqui  ou seguir o nosso álbum no pinterest Little boys rooms (e também o baby boys nurseries)

Ideia de artigo e fotos retirados daqui

Ver mais posts sobre educação e desenvolvimento dos bebés e das crianças, ver aquimais posts sobre Home design



Comentários

  1. Marta,

    Aconteceu-me o mesmo com a Carminho! Mudei-a para um sommier igual ao do Salvador, ainda não tinha 2 anos! Já não gostava da cama de grades e acabava por acordar durante a noite. Adora ter uma cama espaçosa:)
    bje

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela partilha, acho que por aqui é igual, querem espaço pois pensam que são grandes!! Beijinhos

      Eliminar
  2. Mudei Baby Caco precisamente esta semana para o quarto dele e para uma cama nova (aos 19 meses). Optei por uma cama tamanho solteiro (90 cm de largura) para o caso de ser preciso eu ficar por lá algumas noites. Comprei uma barreira igual à da imagem (a maior) que está a funcionar muito bem. A cama é baixa, por isso, mesmo que ele tente escapar pelo fundo da cama, não cai porque já sabe descer sozinho. Tenho uma amiga que optou por comprar essas camas com o tamanho da imagem quando o filho tinha 3 anos, mas agora fez 6 anos e já se arrependeu porque vai ter de comprar outra maior. Espero ter ajudado :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A cama herdada do irmão também será de adulto, 90cm mas também mais baixa, e assim, como no seu caso, se quiser sair pelo fundo não há perigo de cair.
      Beijinhos e obrigada

      Eliminar
  3. Estamos agora a pensar nesta mudança!! queria muito que a mudança de casa pudesse conciliar com a mudança de cama, assim tinha direito a "quarto novo"! Ou serão mudanças a mais?
    O meu medo é realmente que me apareça na sala... felizmente dorme a noite toda há muitos meses, mas para adormecer é que às vezes é mais tramada!! :|

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Diana, boa sorte com as mudanças! Eu pessoalmente mudaria primeiro a cama e depois o quarto, pois teria medo que estranhasse a cama e o quarto. Mas o meu pirata é mais esquistinho nessas coisas... Depois cinta como correu! Beijinhos

      Eliminar

Enviar um comentário

Mais lidas