(Mais outro) Carnaval improvisado


Este ano posso dizer que foi um Caranval non-stop. Isto porque o João decidiu andar sempre fantasiado desde sexta-feira até ontem, e como o miúdo de 4 anos que é queria aproveitar as suas férias ao máximo!

Foi fantasiado de Gormiti ( não é uma das minhas escolhas predilectas, mas ele queria e gostava tanto que não tive como não ceder), e foi de Super-Homem e de Batman!!! Cortesia da avó que deixou um saco  cheio de fantasias usadas pelos tios e que o João delirou quando viu! 
Adorou a capa e de se sentir como um (verdedeiro) super herói! Sim, porque Gormiti afinal " não é muito engraçado, e não tem capa!", concluiu. 

Tive medo da questão da capa e do onerar que poderia voar. Ora, os meninos não voam, e por muito "sensato" que ele é, não nos podemos esquecer que é uma criança que acredita no faz de conta e no impossível. 

Assim, tive a ideia de o ler para o meu quarto, e mostrar que a capa não voa. Saltou em cima da cama, deu cambalhotas, rebolou, saltou mais alto porque ia tocar no tecto, caiu redondo nas almofadas, e depois pedi-lhe para voar. Ao princpio ficou muito confundido e meio sem saber o que fazer, pois sempre lhe dissemos que não conseguia voar. Pedia-lhe então para voar da cama até ao chão, para ver se conseguia. "Voou" da cama e estatelou-se no chão, claro. Sem se magoar nem chorar, levantou-se e disse-me "mãe, os meninos não voam!!!". ( boa!!! Lição aprendida!!!)

Já o Tomás foi fantasiado de elefante. Confesso que não o ia fantasiar, ele não liga porque ainda é pequenino, mas só pelo entusiasmo do irmão mais velho valeu a pena. Confesso também que não procurei muitas fantasias para o Tomás, e que podia ter dado mais atenção, mas vi esta do elefante, achei piada á fotografia de capa ( com um bebé lindo e rechonchudo) e resolvi o assunto. 
Ao incio não gostou das orelhas, mas depois de se ver ao espelho gostou e não queria tirar. 

Fizemos lanches improvisados os mais velhos reuniram-se com os mais novos, e entraram na brincadeira do faz de conta, tivemos amigos pequeninos a dormir em festas de pijama, pequenos-almoços barulhentos, almoços com animação e jantares engraçados. Fomos uma família de 6 em vez de 4, com tudo o que isso envolve. E o João adorou! 
Afinal de contas é isso que importa, fazer com que as férias sejam o mais divertido para eles, para mais tarde se recordarem!!






Comentários

Mais lidas