Sinais de autismo nos bebés



Atenção, este artigo é retirado deste site. Não prevalece a uma opinião medica, nem deverá substituir opinião medica. Aconselha-se sempre a ouvir o pediatra ou a desvalorizar o que aqui esta escrito caso opte por o fazer.    
Num estudo recente do Children's Hospital (Boston, EUA), médicos analisaram a actividade cerebral de bebés de 9 meses considerados em risco de ter autismo (considerados em risco, pois têm irmãos mais velhos com autismo), para tentarem compreender e determinar quais os sinais que ajudam a prever o autismo. 


Apesar de ainda não haver testes de autismo amplamente disponíveis, e neste memento uma criança só é oficialmente diagnosticada de autista aos 2 \3 anos de idade, existem sinais que ajudam os pais a prever o risco. 

Segundo a Faculdade de Medicina de Rochester (EUA), quanto mais cedo souberem que a criança pode vi a ser autista, mais cedo iniciara intervenção e melhora drasticamente os progressos da criança. 

Quais os sinais precoces de crianças entre os 2 meses de idade atem aos 2 anos de idade

- Entre o 2 e 3 meses : o bebé não fizer contacto visual frequento
- Até os 3 meses: o bebé não sorri n
- Até aos 6 meses: o bebé não se ri
- Entre os 8 meses: não segue o olhar da mãe (pai) quando estes desviam o seu olhar
- Até aos 9 meses: ainda não palra
- Até aos 12 meses: não se dá pelo nome, não diz “adeus” com a mão.
- Entre os 12 e os 14 meses: não diz uma única palavra
- Até aos 14 meses: não aponta para mostrar interesse
- Ate aos 18 meses: não brinca aos “faz de conta”


Por favor tenha em atenção que a leitura destes sinais para além de ser meramente indicativa, deve ser vista como um conjunto de sinais  e não analisada como cada sinal individualmente .

Caso considere que o seu bebé demonstrar algum destes sinais fale com o seu médico. Por vezes pode não significar nada de importante, e o bebé apenas requer mais algum tempo, mais estimulação, pode não estar num infantário ou estar mais parado. 

Ver mais posts sobre educação e desenvolvimento dos bebés e das crianças, ver aqui e para mais posts relacionados com a saúde dos mais pequeninos, ver aqui

foto: pinterest


Comentários

Mais lidas