Intolerância á lactose | Eu & J(mini)


Acho que desde muito cedo que passava mal quando comia alimentos com natas, iogurtes e queijos, mas piorei imenso depois do meu primeiro filho nascer. Ao principio  não percebia nem o que se passava, só vomitava, cólicas fortíssimas , enjoos, e muitas dores no estômago. Emagreci imenso, e fui a muitos médicos, mas cada um dizia que era uma questão nervosa. Eu sabia que não era só nervos, até porque não tinha nada com que me preocupar assim de tão grave, e na realidade eu passava mesmo mal...,

Digo que foi mesmo uma altura difícil, pois não sabia para onde virar nem o que tinha. Depois de ter feito exames, e mais uma vez disseram que era nervos, resolvi ir a um novo medico, mas confesso sem esperança.




Voltei a fazer exames e analises a tudo e mais alguma coisa. E um deles foi o teste de intolerância á lactose. Um teste simples, respiratório, onde após várias  horas de jejum toma-se um composto de lactose, e vamos respirando de x em x horas para um aparelho que dá uma contagem. Quanto mais alta for a contagem, mais intolerante somos. No inicio, na primeira hora, dava-me contagens muitos baixas, de tal maneira que a enfermeira disse que podia ir embora. Mas decidi esperar, e ao fim de duas horas , a contagem começou a disparar, as cólicas a aumentar, e os vómitos também. Conclusão: altamente intolerante á lactose!! Mas como faço a digestão muito lenta, nunca se chegou a associar com las refeições, pois por vezes tinha uma discrepância de 2-3 horas após refeições.


De volta ao medico, e com uma conclusão, foi tudo mais fácil. Fui medicada, e continuarei a ter que ser até sempre, e ganhei qualidade de vida! Podia comer sem ter medo, sabia o que me fazia mal, e estava prevenida. No meu caso, tenho que tomar sempre e por refeição (pois a lactose está em tudo e não apenas nos lacticínios!) dois comprimidos de lactase ( a enzima que não produzo) e mais caso vir que a  refeição tem bastante lacticínio. Mudei os alimentos que comia, todos os lacticínios são sem lactose ( mesmo assim tem sempre uma percentagem muito reduzida) e comecei a introduzir as natas de soja.

Hoje em dia é mais fácil, pois há os leite da mimosa sem lactose, iogurtes, queijos e até natas e gelados!!! Eu não noto diferença no sabor, mas dizem que há!

Uma curiosidade engraçada, quando engravidei do meu segundo filho, e por um motivo que até o próprio medico desconhece fiquei tolerante! Abusei dos queijos ( queijo da serra que adoro!!), das natas, do leite, chantilly, bacalhau com natas, gelados, pizzas, massas com queijos...Cheesecake..... Enfim.... Tudo aquilo que não podia comer fora de casa! E uma semana depois do Tomás nascer, fui toda contente comer um bom  queijinho da serra. Voltou tudo ao inicio!!!! Era de novo intolerante!!!


O meu filho João, na altura com 3 anos, também começou a queixar-se muito da barriga, tinha um cocó muito mole e muitos gases, normalmente após o pequeno almoço quando bebia leite. Mudámos de leite e acontecia o mesmo. Até que perguntei ao pediatra se podia dar-lhe leite sem lactose meio gordo (não encontrei gordo), e nunca mais se queixou! Segundo o meu medico e o pediatra do João, uma vez que a intolerância pode ser genética, é muito provável que também seja intolerante, claro que com valores mais baixos do que os meus, pois come imensos iogurtes e até queijo e não se queixa. Mas como o leite é sempre de digestão mais difícil, é natural que seja isso a causa do seu mau estar.


Alimentos:

Leite- mimosa 0%lacotose
l_11_img
Natas - minus lactfrei (continente)

Iogurtes - mimosa, minus lactfrei (continente )

Manteiga - lactfrei (continente)

Queijo -minus lactfrei (continente)

Gelado - marca pingo doce




O Continente é dos supermercados que para mim tem mais variadade de produtos sem lactose. 

Intolerância à lactose... 
O que é afinal?
A lactose é um açúcar natural presente no leite e derivados. A intolerância acontece quando o nosso corpo não consegue digerir e absorver a lactose. A causa mais comum está relacionada com a falta de lactase, uma enzima que decompõe a lactose no intestino para que esta possa ser digerida. Quando não se dá a digestão da lactose, começam os sintomas, que surgem depois de comer ou beber alimentos com lactose, nomeadamente produtos lácteos. Principais sintomas:
• flatulência (gases)
• diarreia (três ou mais vezes por dia)
• estômago inchado
• dores de estômago
• náuseas (enjoos)




Quais são os alimentos com mais lactose?

Leite condensado, leite evaporado, leite em pó.
Leite (gordo, meio-gordo, magro, desnatado,
com chocolate).
Queijo. Gelado. Natas.
Chocolate de leite.
Manteiga.
O iogurte contém fermentos que digerem parcialmente a lactose, pelo que geralmente é tolerado na quantidade de 1 por dia.

Outros alimentos com lactose*
Bolos de pastelaria, caramelos com recheio, aperitivos de queijo, refrescos em pó, pudins instantâneos ou feitos com leite.
Margarinas. Mayonnaise.
Alimentos congelados.
Alimentos infantis.
Sopas instantâneas, bolos instantâneos, batatas fritas comerciais.
Café e chã instantâneos.
Frutas de conserva.
Enchidos, salames, salsichas industriais.
Molhos comerciais para saladas.
Cereais tipo Corn Flakes.
Preparações dietéticas e para diabéticos.
Licores cremosos.
Xaropes e antibióticos líquidos.
Preparados vitamínicos e minerais
  


* Estes alimentos, como tem menor quantidade de lactose podem ser melhor tolerados.

 fontes:
http://www.hsm.min-saude.pt/contents/pdfs/GastroEnterologia/INTOLERANCIA_%20LEITE.pdf




Para mais posts relacionados com a saúde dos mais pequeninos, ver aqui. e mais sobre Me&Us ver aqui

facebook | instagram | google+| bloglovin|  








Comentários

  1. Olá Marta,
    Sabe onde posso comprar o gelado Nutrégi Sem Lactose?
    Já encontrei no Dia- Minipreço mas esgotam sempre rápido. Nem no Pingo Doce nem no Continente têm...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Renata
      comprava no pingo doce ou no corte ingles, jánão me recordo.
      beijinhos
      m

      Eliminar

Enviar um comentário

Mais lidas