A festinha

Ontem o Tomás fez um ano! 1 ano que já passou!! Nem sequer vou falar de como o tempo voa ( ou como disse uma seguidora "galopa"), pois já o disse aqui e além de lamechas seria repetitivo e cansativo. Mas sim, o tempo galopa e fico nostálgica....

A festa para os "amigos" vai ser na próxima semana, mas não podia deixar de não fazer um jantar para a família, com bolinho e velas para (o irmão) soprar. Sim, o jantar foi mais para o João, e os balões e os enfeites, pois, sinceramente, o Tomás não ligou muito. 

Vieram os tios e os avós, todos á volta do aniversariante e que não percebeu muito o que se passava, mas que ficou contente por ter tantas palminhas e papeis para rasgar. Cantámos primeiro os parabéns , pois com a natação ao fim da tarde o João fica exausto e acabam por ir os dois para a cama mais cedo. Assim, ainda estavam "fresquinhos" (dentro do possível) e aguentaram bem  até meio do nosso jantar.

Apagámos as luzes, e acendeu-se as velas. O Tomás ficou desconfiado. Começaram a cantar, e ele ria-se. Não sei se se percebeu que era para ele, ou se identificou a música que tanto gosta e dança quando ouve no Panda, ou se só achou piada àquele ritual desconhecido. Mas, olhava para toda a gente, ria-se, e olhava para o bolo, e ria-se mais uma vez. Chegou a parte da palminhas (uma das suas habilidades favoritas) e adorou! E claro quem mais "ajudou" a soprar ás velas, foi o seu querido irmão. 

Para o João também foi uma estreia. Até á data nunca tinha tido um irmão com uma festa de anos. Já tinha ido a várias festas de amiguinhos e primos, mas nunca uma cá "dentro de casa".  Quem fazia anos era o Tomás, mas a festa era para o João!

Tomás, com o seu 1 anito de vida e como menino grande que é decidiu que agora só faz a sesta depois do lanche, e não depois do almoço como era seu habitual e que me dava tanto jeito.

mental note:
- o Tomás praticamente já anda. Apesar do treino semi intensivo e da meta que tinhámos previamente estipulado para dar os seus primeiros passinhos, está quase quase.
- a primeira palavra foi "olá", e penso que agora tenta chamar pelos cães "au au".
- 12 kg e 81cm


Comentários

  1. Parabéns ao Tómas e aos pais!!! Realmente...como o tempo passa!
    Beijinhos a todos
    Carolina

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais lidas