Making memories | picnic na sala

Já queria muito experimentar uma novidade cá em casa, e até andava entusiasmada com a ideia de ver os dois a sentirem uma nova experiência - se bem que para o Tomás, com os seus 10 mesitos, não tinha grandes expectativas , nem achei que que fosse ligar muito.

Começou a tarde, quando decidimos que queríamos pizza para o jantar, e o João ficou logo entusiasmado! 
A pizza chegou, metade havaiana (para mim) e a outra metade Margarita com fiambre. Ainda quente e a cheirar muito bem, tratámos de tudo muito rapidamente. Primeiro, colocámos em cima do tapete uns individuais a fazer de toalha, trouxemos os copos,  e pratos. Fechámos as cortinas e os estores e desligou-se a luzes. Mesmo não estando tudo completamente ás escuras, já deu para sentir algo diferente. Sentámos em roda no chão, e o Tomás na sua cadeirinha de papa meticulosamente a analisar tudo.  Para completar , ligou-se um brinquedo do Tomás, da chicco, com luzes em formas de estrelinhas, e cores muito suaves. 
Ficou o céu estrelado. 

Chegou a pizza, ainda quente, e com um óptimo cheirinho. 
Picnic debaixo das estrelas. 
E que bom que estava a ser. O João adorou a pizza, adorou comer á mão, comer no chão, e a aventura da selva. Já o Tomás (com os seus dez mesitos) apontava para o céu quando as estrelas passavam, e olhava muito atento a tudo.  Liguei ao sistema de som uma app com sons da natureza, e assim jantámos na selva, entre tigres e macacos e aves ferozes. 
Dinossauros lá ao longe. 
Um elefante veio cumprimentar. 

Já para a sobremesa viajámos para perto de uma grande cascata, com muita água fresca a correr e ao fundo ouvia-se  uns sons de aves tropicais e o chilrar de uns passarinhos pequeninos, e a fruta chegou sob o mesmo céu estrelado. 

Alguém me disse que os meninos começam a fazer memórias a partir do 3 anos. Não sei se é verdade ou não, mas desde que o Jr fez três, tenho uma grande preocupação em proporcionar alguns momentos diferentes, em construir memórias que perdurem até a sua vida adulta, e que um dia passe para os seus filhos. 





Comentários

Enviar um comentário

Mais lidas