Os doidos lá de cima!




Não sei se isto acontece com frequência a quem escreve, mas dou comigo a noite a pensar em posts e até mentalmente escrevo grandes e brilhantes posts. Depois de manhã tento me lembrar do que mentalmente escrevi e nada, não sai nada.
Então hoje e como Optimus Sound fez questão de ultrapassar a caixilharia dupla, vou fazer o teste do quão magnifico  este fantástico post vai ser...

Bem, por vezes quando esta tudo tranquilo cá em casa e todos a dormir (ou pelo menos em silêncio), ouço levemente os meus vizinhos. Penso que serão os de baixo, mas não tenho a certeza, nem consigo perceber bem o que dizem. Apenas ouço as vozes, a falar baixinho. Então, fico a pensar.

Ora bem, se eles (presumo que sejam os de baixo, mas tanto faz) são dois, e já com alguma idade (alguma, pouquinha), e eu ouço a voz e não percebo o que dizem, e, e por lógica aplicada, eles devem ouvir TUDO do que se passa aqui!

E se este fosse um post escrito por eles, teria este título e seria algo do género:

Os doidos lá de cima

Hoje mais uma vez a Marta zangou-se com o João, ele não queria tomar banho! Como é que é possível uma criança não querer tomar banho. Certamente ainda lhe dão com água fria! Os meus adoravam a água…
..
O Tomás decidiu acordar mais cedo do que é costume, também não percebo como deixam a criança a dormir sozinha no quarto e não lá vão. Obviamente que ouvem, aliás eu ouvi, e a casa deles não é maior do que a minha, portanto... Eu nunca deixava os meus filhos sozinhos no quarto a dormir ou muto menos a chorar no quarto! Mal um dava um ai, já lá eu estava! Mas pronto, estas modernices! E ao fim de 5 minutos, sim, 5 minutos, lá foi o pai da criança ver resolvia a situação! O Pai! A ir ao quartinho do bebé, onde já se viu! A minha sogra não deixava certamente!!!

Nunca vi pessoas a deixarem cair tanta coisa ao chão! E coisas pesadas! É cada barulho! E depois ainda dizem “ Tomás! Caiu!”, como se fosse a criança! Olha, lá caiu uma outra vez! E outra!

A empregada chegou mais tarde, deve ter perdido o autocarro. E claro a criança foi a resmungar com o Pai para a escola!

Mais outra que foi ao chão. A criança já não deve ter brinquedos de jeito. Todos partidinhos!

O jantar vai ser peixe! Penso que será salmão! E já sei, o João pequenino não vai querer. Podiam fazer uma comidinha mais apetitosa para o menino, valha-me Deus! Coitadinho! Ele quer pãozinho! E não lhe dão! Pode comer pão e a sopa! Esta criança… estes pais…. Oh!!!

E mais outra ao chão….

Já são oito, o João pai ainda não ligou á Mãe! O recado era para ligar assim que chegasse! Mas também a Marta ainda esta ao telefone, como é possível? E fica o menino a não poder ligar á própria Mãe! Não há direito! E certamente a Senhora, em casa á espera! Ensinei aos meus a ligarem sempre! Não há um dia que não liguem! Olha, desligou! Também ao tempo que estava, bem pode desligar! 

Mas não, o João não vai ligar a Mãe. Coitada, não se faz isso á Mãe…
.
Eles lá gostam muito de falar alto, esta malta jovem, tem destas coisas! E até música põem alta!! E pelo barulho dos sapatos, até dançam!!!! Deve ser bonito deve! Só visto! Pois claro que á noite não dormem, e andam a saltar de um quarto para o outro! Eu bem ouço, ora chora um, e passado um bocado alguém vai, e ora chora o outro e lá vão eles! Grande festa!  É bonito é!

Olha, vão passar o fim-de-semana fora. Sossego no prédio. 

E afinal de contas, “quem é a coisinha boa da mamã “ ? Tantas perguntas e ninguém responde……



Bem, dito isto, agora não conto a ninguém onde vivo!

Comentários

  1. Este texto está muito engraçado :) Ainda estou a sorrir :) Suponho que todas as casas com crianças seja um bocadinho assim. Eu também deixo o Baby Boy chorar um bocadinho de noite a ver se ele adormece e não é preciso levantar-me. No início ia logo, pois pensava "coitados dos vizinhos que não conseguem dormir". Mas eu moro em moradias em banda e a minha é logo a primeira. Sorte a minha. Depois descobri que o sr. velhinho meu vizinho tem o quarto pegado ao do Baby Boy e o senhor é......meio para o surdo. Agora deixo o Baby Boy chorar mais tempo. Só quando vejo que ele não vai parar é que lá vou!
    Haja alegria nas casas com crianças :) Se não houvesse barulho é que seria de estranhar :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahahah!!
    O que eu já me ri, Marta!!!
    Muito bom.
    Beijocas

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais lidas