Jo White Candy

E aqui está a nossa segunda entrevista do Cool People!

E quem não conhece a Jo White Candy? Apresentações são escusadas! Adoro o seu blog de tantos e tantos temas variados e interessantes! 
Adoro o seu estilo, e a sua onda de inspiração! 
E Mãe de um baby boy….claro…..

Curioso que quando começamos a seguir um blog, e a entrar dentro da vida, da casa e da cabeça da sua autora, parece que já fazemos parte da família. E conhecemos os seus amigos, as suas paixões, desejos e até receios. É como de uma amiga se tratasse, com a porta de sua casa sempre aberta. Pelo menos isso acontece comigo, e ás vezes esqueço-me que é uma relação unilateral. Conheci virtualmente a Maria através do facebook e num à vontade rápido trocámos logo mensagens, até que a convidei para ser entrevistada! A resposta foi imediata, nem demorou um segundo! E eu gostei tanto!.. Já esta marcado um encontro em pessoa no próximo fim-de-semana! Ahh! E devo dizer! A Maria é tudo o que vem no seu blog!!
 






1. Como nasceu o nome Jo White Candy?
O nome nasceu totalmente ao acaso. Foi uma junção de coisas que me identificam. O meu nome (ou como sou tratada), a minha cor favorita (mais na decoração), e doces (sou doida por “candys”)!

2. E como nasceu o blog? É já um "full time Job?"
O blog nasceu da mesma forma que nasce um diário, ou uma agenda pessoal.
Comprei uma casa antiga e fiz a total remodelação. O blog foi uma espécie de “diário de bordo”, sempre em velocidade cruzeiro. Ia pondo posts sobre as coisas que ia fazendo na casa (ideias/soluções) para me orientar melhor.
Após terminar as obras, o blog caiu um bocado em esquecimento, mesmo porque coincidiu com a altura em que comecei a trabalhar e era impossível ter a disponibilidade que um blog requer e as pessoas me merecem.
Nessa altura, ainda nem o tinha dado a conhecer. Era mesmo um “bloco de notas, com imagens”!
Só no final de 2011 me lembrei de fazer o resgate, daquele que viria a ser o meu hobby favorito.
Hoje em dia, é de facto um full time job. É algo que cresceu e amadureceu. Tornou-se uma marca registada e daqui para a frente pretendo fazer “qualquer coisa” com ela.

3. Estive a ver o teu blog e tens um pouco de tudo. Onde vais buscar a inspiração?
O meu blog não se destina apenas a moda, ou a decoração, ou à maternidade, ou isto ou aquilo.
Apesar de o meu maior “amor” ser a decoração, a moda tem mais pano para mangas, literalmente. Há sempre mais informação a sair nos media. Ou esta marca lançou uma nova mala, ou aquela outra, um novo casaco…
Quando se referem a mim, falam de uma blogger de moda. Não é que me irrite, mas não gosto de ser associada apenas e só a moda, mesmo porque, acho que a minha praia é muito mais o candeeiro, a moldura, o tapete, o aparador e por aí fora. Muito mais, do que os sapatos, as malas, ou os casacos. Mas como já atrás referi, a moda tem mais assunto!

4. Qual o post que mais gostas?
Por todos os motivos e mais alguns, o “Before&After” do meu apartamento. Depois, todos os posts de casamentos e festas a que vou e relato quer na escrita, quer na imagem.

5. Reparei numa foto que tens de um closet  com muitos sapatos. Quantos pares de sapatos tens?
 É uma futilidade muito grande e graças a Deus  tem-me passado com os anos, mas todos os sapatos da imagem são uma parte de todos eles. Tenho seguramente, 300 pares de sapatos.
Mas eu sou daquelas pessoas que não me desfaço das coisas com facilidade. Sapatos é uma delas.
Quando vivi no Rio de Janeiro (de 2005 a 2007), comprei parte dessa imensa colecção. Na altura compravam-se sapatos de luxo por 20 ou 30 euros.
Tinha 20 pares cor de rosa, 20 verdes, 20 azuis, 20 amarelos …Enfim!!
E hoje em dia, ainda os uso. Estão óptimos e super na moda!

6. Também vi as fotos das obras do teu apartamento, foste tu a "mentora" do projecto?
 Como já disse atrás (antecipei-me à pergunta, LOL), fui eu (e só eu) que fiz a remodelação total do apartamento. Escolhi chão, revestimento de paredes (azulejo, papel de parede, lambrim) tintas, louças, tecidos, móveis e todos os objectos de decoração.
Neste momento estou quase a terminar o curso de decoração de interiores, que me tem dado muitas dores de cabeça, mas que vai valer a pena. Tenho a certeza. Já tenho uns projectos de decoração para iniciar. Estou muito feliz, por isso! É um sonho meu!

7. O que para ti é um fim‑de‑semana ideal?
 Um fim de semana ideal é aquele em que acontece tudo de forma imprevisível. Quando encontro alguém que não estava  à espera. Fico horas à conversa, rio a bandeiras despregadas, janto e continua a conversa pelo serão. Normalmente esses são os melhores programas.
Claro que sair daqui, apanhar um avião, e passar um fim-de-semana em Paris, Londres ou qualquer coisa do género, é sempre IDEAL!





 Obrigada Maria!! Adorei!!!

Comentários

  1. uma animação esta entrevista. fantástica. gosto do imprevisivel que não estava á espera..........

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mais lidas