A ida ao pediatra

Levei os dois ao pediatra, um com otite ( sim, again) e o outro para a consulta dos 6 meses. Claro que a viagem não foi pacifica, pois ambos com pouco sono -  o Tomás esta habituado a dormir depois de almoço, o que não foi possível, e o João tinha dormido pouco e mal, - começou mal logo no carro.

“ tenho sono”, “ quero isto” , quero aquilo blá blá blá, até que chegamos. Confirma-se, otite no João, e não, não é só uma, mas sim duas!!! Realmente já tinha reparado que ele estava um pouco surdo e que cada vez falava mais alto, mas uma otite em cada ouvido é que não imaginava!! Antibiótico, benuron e esperar que passe.

Como sabem o João, mesmo não estando doente, dorme mal, e tem muita dificuldade em adormecer, em dormir mais de 3horas seguidas, e em dormir o recomendado para uma criança de 3 anos. Então quando esta doente, tudo piora. Não dorme mais do que 1 hora seguida, acorda a chorar ( sem dores, sem fome, acho que nem sequer sabe porque chora) e continua a chorar por mais 20 minutos. Depois adormece e repete-se o ciclo novamente. São noites desgastantes, especialmente para ele. O pediatra reparou nas grandes e escuras olheiras, na má disposição, e como já sabe deste historial recomendou um regulador de sono. Não é um indutor de sono, nem é um medicamento propriamente dito, pois é venda livre, é feito á base de melatonina. Chama-se Melamil. Ainda não demos, pois confesso que tenho algum receio, mas confio plenamente no pediatra, e sei que o j não aguenta mais noites como estas ultimas. vou pesquisa na net, e ler e ler. 
Em relação ao Tomás, esta óptimo na altura ( acima do percentil 95%), só que o peso é que desceu ( percentil 75%). Este último mês o Tomás tem rejeitado o biberão da manhã e o da noite, mas come lindamente a sopa e a papa. Já mudámos de leite várias vezes, e até experimentamos leite sem lactose, mas toma sempre 120, 150 se tudo correr bem. O pediatra disse para este mês experimentar dar papa de manhã e a tarde, e a noite um iogurte, e claro a sopa e fruta ao almoço. Vamos lá ver como corre e se recupera o peso perdido.

Para quem só agora está a ler, deve achar que sou doida pois o percentil 75% já é muito acima da média. Sim eu sei. Mas os meus filhos nasceram os dois com peso e altura acima do percentil 90, e nunca desceram disso. São grandes, e no caso do t, que nasceu com 4kg e 52.5cm, já estava a ficar magrinho para a altura que tem.


 conclusão: ver estePost


facebook | instagram | google+|

Comentários

Mais lidas