Sopas e papas

O Tomás começou a comer papa quando fez 4 meses. Como tinha a experiência do João, que devorava tudo o que ponha a frente, estava convencida que ia ser super fácil.
Errado.

A primeira tentativa foi com papa da Milupa de frutos. Correu mal. Correu muito mal.
No dia seguinte, continuei com a mesma papa, e o resultado foi o mesmo. Mesmo comendo muito pouco, não dei biberão logo a seguir, pois tive medo que o Tomás ficasse com a mania que se chorasse e não comesse a papa, vinha o biberão. Estava assustada. Seria sempre assim?

Então decidi experimentar papa que fosse feita com o próprio leite, assim o sabor era parecido e ele já não estranhava tanto. Comprei a Primeira Papa Nutribem para fazer com o leite adaptado. E muito a medo lá tentei dar a papinha. E não é que correu bem? Aliás muito bem!!! Fiquei muito entusiasmada!

Agora só falta experimentar mais papas mas que não levem o leite adaptado, pensei eu.
Passado uma semana, aventurei-me em comprar papa de maça - sem leite!
Muito a medo e a contar com uma birra enorme, lá fomos nós para a aventura.

Yes, correu bem!!!

Então veio a sopa, 5 meses e mais sopinha. Ui, vai ser mau, como a papa. Fizemos uma uma sopa com muita cenoura ficando assim mais adocicada e foi uma delicia. Adorou. Claro que tem que estar bem quentinha senão vem tudo para fora, mas foi um sucesso.
Depois tentamos alterar os legumes, mas já foi mais complicado. Tinha mais couve flor e menos cenoura e já não foi tão bem sucedida .
Ontem experimentei uma receita inventada, sim inventada. A mesma base de sopa, menos cenoura mas com um ingrediente especial. Maça! Sim, maça. E mais um sucesso!




Comentários

Mais lidas