O sono, a noite, e as birras....

O João sempre teve dificuldade em adormecer, em dormir, e em aceitar ir para a cama. Desde muito bebé que nunca foi fácil deita-lo para dormir ou até mesmo que dormisse a noite toda. Então quando começaram a nascer os dentes , aos cinco meses, é que começou a ficar complicado! Eram noites e noites que acordava literalmente de meia em meia hora. Andávamos de rastos! Demorava uma hora a adormece-lo e depois começava a chorar porque perdia a chupeta, ou porque queria virar para um lado ou porque apenas chorava. Desconfio que já era vício acordar ! Nunca o adormecemos ao colo, mas passamos muitas fases- a fase da música, a fase do carrinho de passeio, a fase dos desenhos etc etc. Era um pesadelo. O pediatra dizia que quando fizesse um ano ia melhorar, depois já era quando fizesse dois anos.... Foi passando o tempo e realmente ele melhorou. Acho que também ajudou
termos estabelecido uma rotina certinha para ele antes de dormir - ver dois desenhos e depois caminha.
Ele até dormia muito, mas mal. Nunca adormeceu num sofá, ao colo, ou a ver televisão. A primeira vez que adormeceu no sofá foi no São João de 2012 , já com 3 aninhos!!! ( foto)
Sempre quis que o João dormisse a tarde pois notei que quanto mais ele dormia, melhor ele dormia. E o contrário também se verificava, quanto menos dormia, pior dormia.

Assim quando chegou a altura da escola o meu medo era que não dormissem a tarde. Estava habituada que o João dormisse duas horas, as vezes duas horas e meia a tarde, portanto quando me disseram que na escola dormia apenas uma hora fiquei preocupada.
Estabeleci que tomava banho por volta das sete da tarde, e jantava sempre as oito, - as vezes até janta as sete e meia quando tem muita fome. A hora de dormir é as nove. Acorda as oito.
Correu bem este esquema durante os 3 primeiros meses, ia para a caminha bem, sem fitas e acordava muito bem disposto .
Agora ir para a cama é um suplicio! Quer dizer, ir para a cama sozinho! Talvez por ter estado muito tempo a dormir comigo quando esteve doente, agora recusa-se a dormir sozinho, e são birras enormes, com choro, chantagem emocional, e zangas .
Já tentei explicar que ele é um menino grande e tem o quarto dele, já levamos carrinhos, peluches, comboios, e até dinossauros para fazer companhia, mas não adianta. Chora chora chora! já contei historias, cantei musicas, ofereci prendas, zanguei-me, e nada resulta. Ele já dorme no quartinho dele sozinho desde que tem 9 meses, portanto não é uma questão de ter medo, ou não estar habituado. Para não haver chatices, e também para o bebé dormir melhor já colocamos o Tomás no seu quarto, mas mesmo assim o João não quer dormir sozinho.







facebook | instagram | google+|

Comentários

Mais lidas