23/03/2017

uma gravidez aos 36



Uma gravidez aos 36 é bem diferente do que aos 27. 
21/03/2017

Os 7 hábitos da Mães (trabalhadoras) altamente eficazes


Muitos já devem conhecer os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes do Stephen F. Convey, onde enumera 7 hábitos para desenvolver métodos e rotinas para sermos altamente eficazes e produtivos. Confesso que conheço, pois um dos livros que o meu Pai me “pediu” para traduzir (na atura era a partir de uma cassete de áudio, e não havia net, nem tradutores), e ficou-me da memória desde então.

Por isso que encontrei este artigo na net, achei engraçado por remeter a algo da minha infância, e de muitas tardes ao fim de semana a ouvir o Mr Convey a falar, mas aplicado ás mães.


Resolvi traduzir e adaptar á minha realidade, demorou-me menos tempo do que na altura, e não recorri ao Google tradutor!

Cá vai:

Novas regras cá em casa | iCoisas



Está semana estabelecemos uma nova regra cá em casa.
19/03/2017

16 semanas





16 semanas, e finalmente menos mal disposta. 
18/03/2017

Ski & Neve



Já no ano passado queríamos ter vindo com os miúdos mas devido ás circunstâncias tivemos que cancelar. Este ano já andávamos a fazer contagem decrescente  para os dias na neve. 
14/03/2017

Tempo só para nós



Este fim de semana, mais propriamente no domingo fiz algo que há muito não fazia. Há muito mesmo (anos!!)

12/03/2017

O que é que as mães precisam?



Fazemos mundos e fundos para que os nossos filhos sejam felizes,  movemos montanhas para que se sintam seguros, amados, quentes, e saudáveis. Compramos brinquedos e roupa novas, procuramos os amigos para eles brincarem, juntamos a família para que se sintam protegidos e rodeados de história e raízes, vamos de férias para que conheçam novos sítios, a praia, a neve, o campo, outras culturas e línguas.
Mas o que é certo é que eles nunca serão mesmo felizes se os pais não o forem.

E nós mães, o que é que precisamos?

Precisamos deles, é certo. Precisamos dos seus sorrisos e abraços, da dar a mão àquela mão pequenina e rechonchuda. Precisamos dos beijinhos e de ver os seus olhinhos a brilharem de contente, das palavras meigas e das festinhas na cara.